Imagem

Foto do livro “Quartos da Escrita”

João de Jesus Paes Loureiro.
Hotel Novotel Vermar.
Póvoa do Varzim, 2006. (Portugal)
Congresso Internacional de Escritores.
Do livro-exposição Quartos de Escrita de Daniel Mordzinski.

Em conversa com Alexandra Lucas Coelho, o autor explica o que o move assim:

“Com ‘Quartos de Escrita’ tento desmistificar o ato da escrita e mostrar algo tão simples, mas tão difícil de apanhar, como o recolhimento do autor. Esse momento em que o autor está no quarto de escrita. A divisão de hotel, a janela que dá para um pátio, a cama dura, o espelho alheio onde se olha antes de escrever uma primeira frase. Ou onde acaba de escrever uma obra-prima, quem sabe. Na realidade, há um momento do dia, ou do mês, ou do ano, ou da vida, em que o escritor olha à sua volta e se vê rodeado por um papel pintado que não pode ser de verdade e debaixo de umas goteiras que talvez nunca volte a ver e decide escrever. E nós lemos e sonhamos essas palavras durante o resto da nossa vida. Por isso quis, quero, apanhar esses momentos (podíamos dizer: espaços, ambientes, lugares) de trânsito, um trânsito múltiplo que nos deixa literatura e, com estas imagens, rostos para a imaginação.”

%d blogueiros gostam disto: