Início > Poesia > Muiraquitã – o poema inspirado na dança

Muiraquitã – o poema inspirado na dança

outubro 7, 2011

Uma homenagem para Flávia Harada que dançou esta coreografia em sua apresentação na Abertura do EIDAP – Encontro Internacional de Dança do Pará de 2011.

Muiraquitã

João de Jesus Paes Loureiro

A bailarina mergulha dentro de si mesma
E da alma retira a dança submersa.

Ela se faz Icamiaba alada e leve
A cavalgar seu corpo de prados e colinas.

Equilibra-se no dorso dessa égua brava
Indomável trotando a pulsar em suas veias.

Seu movimento é feito de cem luas quebradas
E entre rendas e garças irrompe o ardor do sexo.

Oh! Bailarina Pentessiléia rainha das Amazonas
Olhar de onça pintada que arma o bote arisco.

Só tu podes entrar e sair, e mais ninguém,
No inferno da beleza que há dentro do amor.

Pois teu amor é a Dança que esculpe no teu corpo
Muiraquitã de músculos e carne, sonho e gesto ardente.

Anúncios
Categorias:Poesia
%d blogueiros gostam disto: