Início > Sem categoria > Arvorecídio

Arvorecídio

fevereiro 27, 2007

Ontem, passando em frente ao Museu de Arte da UFPA, na Generalíssimo com a Governador José Malcher, vi mais mangueiras degoladas. Indignado com isso, peço que leiam novamente o poema “Mangueiras de Belém”, no início deste Blog e atendam ao apelo da poesia, multiplicando a sua mensagem, para que possa ter a utilidade que todo poema de circunstância, como esse, aspira alcançar. Precisamos de uma explicação para esse gesto arvorecida.

Anúncios
Categorias:Sem categoria
%d blogueiros gostam disto: